Susana Schnarndorf
Susana Schnarndorf

Susana Schnarndorf

Natação

Data de Nascimento

12 de outubro de 1967

Local de Nascimento

Porto Alegre - RS


Provas

50m livre, 50m costas, 150m medley, 200m livre / Classes: S4, SM4, SB4

Modalidade

Natação

A gaúcha sempre teve o esporte enraizado em sua vida. Começou a nadar aos 11 anos, mas se encantou pelo triatlo. A modalidade que combina natação, corrida e ciclismo lhe rendeu grandes experiências sendo pentacampeã brasileira (1993 a 1997). Susana participou do Pan-Americano de Mar del Plata e de mais eventos internacionais neste esporte. Sua extrema dedicação e espírito competitivo a motivou a competir no Ironman, que consiste em 3,8Km nadando, 180Km pedalando e mais 42,2Km correndo, por 13 vezes, vencendo seis edições.

Em 2005, começou a sentir-se mal e procurou por muitos anos um diagnóstico preciso de sua doença. Susana sofre da síndrome de Shy-Drager, também conhecida como Atrofia de Múltiplos Sistemas (AMS), uma doença degenerativa que vai paralisando todos os músculos do corpo, incluindo o pulmão e coração. Os médicos deram pouco anos de vida e Susana viu sua carreira no triatlo de alto rendimento chegar ao fim.

Pensando na reabilitação, ela voltou a praticar a natação no Rio de Janeiro, onde coincidentemente era o local onde treinavam atletas da Seleção Brasileira de Natação Paralímpica. Ao notarem seu perfil potencial, Susana recebeu o convite para realizar o exame de classificação funcional para então ingressar oficialmente no paradesporto.

Em 2010 então, um novo começo. A natação paralímpica reacendeu a chama e a paixão pelo esporte. E com esta nova motivação os títulos não demoraram a chegar. Susana é campeã brasileira e recordista dos 50, 100 e 400 m livres, 100 m peito e 200m medley. Conquistou um bronze nos 400m livre no Parapan de Guadalajara em 2011. Em sua primeira Paralimpíada, a de Londres 2012, foi quarta colocada nos 100m peito e quinta nos 200m medley. Já em 2013, foi campeã mundial nos 100m peito e bronze nos 400m livre em Montreal, além de receber o prêmio de melhor atleta feminina no Prêmio Paralímpicos do mesmo ano. Susana ainda foi medalhista de prata nos Jogos Paralímpicos Rio 2016, no revezamento 4x50m livres misto. Participou dos Jogos de Tóquio 2021, disputou mais uma final, a dos 150m medley S4, quando fechou a prova na oitava colocação, e participou de duas eliminatórias, nos 50m livre S4 e nos 50m costas S4, encorpando ainda mais o seu currículo paralímpico.

Quote

Sempre fui movida a desafios, quero deixar esse legado, de que nada é impossível. Quero completar um Ironman com mais de 56 anos de idade e com uma doença que já era para ter me levado há muito tempo. É bem difícil conviver com ela, mas a minha motivação é o amor que tenho pela vida, a vontade de estar com meus filhos e mostrar a todos que sempre há um lado bom para se olhar.”

Galeria

Galeria 01

Vídeos

Notícias

Susana Schnarndorf faz a segunda final da carreira paralímpica

Susana Schnarndorf faz a segunda final da carreira paralímpica

Em sua terceira Paralimpíada, a gaúcha Susana Schnarndorf começou a manhã deste sábado (28) disputando a segunda final de sua carreira. Na piscina do Centro ...

Saiba mais
Atleta Susana Schnarndorf desafia os seus limites na terceira Paralimpíada de sua carreira

Atleta Susana Schnarndorf desafia os seus limites na terceira Paralimpíada de sua carreira

Cena 1: aos 39 anos, você recebe um diagnóstico médico que lhe dá uma sobrevida de cinco, sete anos. Cena 2: quatorze anos depois do ...

Saiba mais

Mande uma
mensagem pra gente!

Como podemos
ajudar?

[contact-form-7 404 "Não encontrado"]